FESC-KIANDA revela “bom momento” do cinema nacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os avanços, recuos, desafios e expectativas do cinema estiveram em análise durante uma semana em Luanda no Festival Internacional de Curta-Metragem da Kianda que decorreu de 20 a 27 de Janeiro de 2023, no Instituto Guimarães Rosa, antigo Centro Cultural Brasil-Angola.

Para além de reunir a classe artística, estudantes, escritores e apreciadores da sétima arte, a IV edição do FESC-KIANDA foi realizada em alusão ao 447º da Cidade de Luanda.

O evento homenageou cineastas, exibiu e premiou as melhores produções cinematográficas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Para os participantes foi uma oportunidade para avaliar o estado da arte em Angola e valorizar aqueles que se propuseram a desafiar os obstáculos e, em meio as inúmeras dificuldades, decidiram aplicar todo o seu saber para levar aos ecrãs com rigor e técnicas necessárias a realidade ficcionada do quotidiano angolano.

O FESC-KIANDA fez distinções e certificados de participação ao elhor filme, melhor realizador, melhor actor, melhor actriz, figurino e fotografia, de modos a incentivar a produção cinematográfica nacional, a distribuição e a difusão das de cinema e audiovisual, para além de atrair os patrocínios, apoios, e financiamentos da produção de obras nacionais.

Mais Populares

Videos & Podcasts

Publicidade

Notícias ralacionadas

João Lourenço em Benguela

O Chefe de Estado, João Lourenço, já está na província de Benguela, onde testemunhará, hoje, à transferência dos serviços ferroviários

Comentários